Conflitos nas Assembléias do Condomínio
04/08/2017
O que são Despesas Ordinárias e Extraordinárias em Condomínios?
05/09/2017

O que fazer quando o elevador quebra?

É possível dizer que, praticamente todos os que vivem ou que circulam dentro do condomínio, já vivenciaram a triste situação de se estar dentro de um elevador, e o mesmo parar por alguma falha técnica ou por falta de energia. Se você ainda não vivenciou uma situação como esta, leia com atenção as dicas dessa notícia para saber o quer fazer caso o elevador pare com você lá dentro.

  • Caso aconteça essa situação, esteja preparado e tentar manter a calma nessa hora é o melhor a se fazer.

  • Caso esteja acompanhado, tente acalmar as pessoas que estão com você, dizendo que é normal acontecer isso, e que o elevador não tem o risco de cair ou coisas do tipo.

  • Segundo os fabricantes, os elevadores têm ventilação necessária para respiração.

  • Não tente sair do elevador em nenhuma hipótese, principalmente se o mesmo estiver entre dois andares, pois o elevador pode voltar a funcionar a qualquer momento.

  • Acione o alarme do elevador, ligue para o porteiro através do interfone, ou ligue para o corpo de bombeiros. Caso isso não seja possível no momento, tente pedir ajuda de alguém que esteja de fora do elevador.

  • Não force ou danifique a porta! Tal ação pode dificultar o resgate quando a equipe de resgate chegar.

Caso você seja um morador, ou até o mesmo o síndico do condomínio, fique atento para saber o quer fazer nessa situação.

  • Não tente resgatar a pessoa presa por conta própria, muito menos permita que pessoas não capacitadas para aquele tipo de serviço tente tirar alguém do elevador.

  • O resgate por pessoas despreparadas, pode trazer riscos de vida, tanto para o passageiro que esta em apuros, quanto para a pessoa que esta fazendo o resgate.

  • Tente chamar a empresa responsável pelos elevadores ou o corpo de bombeiros, que são os únicos capazes de realizar o resgate, caso for necessário.

  • Em casos de que a pessoa que está presa, comece a passar mal, tente conversar com ela, e explique que todos os procedimentos estão sendo realizados e que logo ela sera resgatada.

  • Faça o possível para distrai-la. Converse sobre qualquer assunto com a mesma (perguntar sobre a vida é um bom início), sempre olhando-a no olho.

Independentemente da situação, o melhor a ser feito é manter a calma e esperar o resgate chegar! Não tome atitudes precipitadas e não entre em pânico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *